Startup capixaba oferece tecnologia IoT com simplicidade e baixo custo


Sigmais desenvolveu dispositivos que usam Internet das Coisas (IoT) para empresas obterem dados de auxílio à tomada de decisão

Com a pandemia e a decorrente transformação dos negócios, tornou-se importante a adoção de tecnologias que facilitem o processo de tomada de decisão. Entre as soluções mais eficazes para este fim está o uso de dispositivos que se baseiam na Internet das Coisas (IoT) – tecnologia que conecta objetos físicos com pessoas e internet.

Embora essa tecnologia seja considerada cara e complexa, uma startup capixaba tem tornando mais fácil e barato o seu acesso. Em atividade desde 2017 e com clientes no Brasil inteiro, a Sigmais – startup capixaba com foco no mercado de IoT – cria e desenvolve soluções baseadas em Internet das Coisas para facilitar o cotidiano de empresas e pessoas, como afirma Guilherme Azevedo, fundador, CTO e BDM da Sigmais.

“Nosso objetivo é oferecer um serviço de coleta e monitoramento de dados relevantes e confiáveis para empresas com grande diversidade espacial e temporal de forma econômica, operacional e sustentavelmente viável.”

Os dados dos dispositivos desenvolvidos pela Sigmais auxiliam no monitoramento de ativos importantes das organizações. Com esses dados é possível, por exemplo, acompanhar com precisão a dinâmica de um negócio em relação a atividade de pessoas e máquinas. Realizar essa análise usando coleta de dados manual é um processo considerado caro e inseguro, além de sujeito a fraudes ou erros frequentes de leitura e, consequentemente, de informação.

Necessidade

Uma necessidade de mercado percebida pela Sigmais mostra que muitas soluções de IoT usam sensores convencionais com redes 3G ou WiFi. No entanto, esses sensores consomem muita energia, são caros e muito complexos, tornando-se, em muitos casos, transtorno operacional e financeiro para as empresas.

Esses fatores foram considerados no desenvolvimento de novas soluções no laboratório da Sigmais, localizado em Vitória. O investimento em inovação fez com que a startup desenvolvesse dispositivos autônomos de baixo custo, que usam bateria econômica e com grande autonomia.

Redução de custos

O uso da tecnologia IoT da Sigmais auxilia a empresa na redução de custos, pois seus dispositivos fazem transmissão de dados a longa distância sem necessidade de conectividade com energia elétrica ou redes 3G, o que torna a operação mais simples e barata.

Os setores que podem usar soluções com as facilidades da IoT são os mais variados como indústrias, empresas de saúde, área rural, supermercados, shoppings, estacionamentos, logística, cidades (as chamadas “smart cities”), lojas, entre outros.

Demandas

As demandas mais comuns para a tecnologia oferecida pela Sigmais procuram resolver desafios de otimização operacional em áreas como saúde, RH, vendas, segurança, gestão de estoque, gestão de energia e desenvolvimento de produtos.

Entre os parceiros estratégicos da Sigmais estão a Associação Brasileira de Internet das Coisas (ABINC), Easystem, Iliot, Loka Systems, Sigfox, WND Brasil, Tago IO, Samus Devteam, American Tower e Sonda.

Depoimento

A Sigmais publicou no ano passado, em seu perfil no Instagram, o depoimento de um de seus clientes de São José dos Campos (SP) dizendo-se satisfeito com o dispositivo SigPark que monitora de vagas de estacionamento rotativo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *