ESX 2021 reúne ecossistema de inovação capixaba e ultrapassa a marca de 11 mil visitantes


Por Andressa Antunes, participante da oficina de Jornalismo Innovation Writing, realizada pelo WhitepaperDocs em parceria com Sebrae-ES, Sicoob e Hub Fucape.

O ESX – Espírito Santo Innovation Experience, realizado entre os dias 2 e 5 de dezembro, já é um marco para o ecossistema de inovação capixaba: durante os quatro dias de evento, 11.780 pessoas visitaram a estrutura de mais de 5 mil metros quadrados montada na Praça do Papa, em Vitória. Com diferentes espaços e atrações divididas entre palestras, desafios, painéis, games, shows e outras programações, o evento uniu conhecimento e entretenimento em uma imersão no futuro.

“Conseguimos criar uma boa conexão com a Mobilização Capixaba pela Inovação (MCI), todos os membros e participantes se envolveram muito. E dessa vez a imersão extrapolou a questão das startups. Aqui todo o ecossistema pôde demonstrar o que  está sendo produzido de inovação no Estado do Espírito Santo”, afirma Pedro Rigo, superintendente do Sebrae/ES.

Realizado pelo Sebrae, com co-realização do governo do Estado e apoio da MCI, o evento teve como objetivo expor e também democratizar o acesso à transformação que ocorre no Estado. Durante o ESX, diferentes atores expuseram seus trabalhos ligados à inovação. Academias como a Ufes, Ifes, Multivix e UVV apresentaram projetos e pesquisas acadêmicas para a área, 18 startups divulgaram suas soluções para potenciais clientes e investidores. Além disso, projetos de robótica, programação e na área de games também foram destaque durante as 40 horas de evento.

Pedro Rigo, superintendente do Sebrae/ES, comemora o impacto do ESX na democratização do acesso à inovação. Foto: Claraboia
“Se a gente for ao pé da letra, o significado da inovação é trabalhar soluções para a sociedade. Então, não é possível pensar em inovação sem que a sociedade escute e viva o dia a dia desse meio. Nestes dias nós trouxemos o público para a praça para se discutir inovação, que é a nossa grande missão e desafio com o ESX”.
Pedro Rigo

O evento ainda contou com a presença de palestrantes de destaque no cenário da inovação, como Dennis Wang, ex VP de operações do Nubank e co-CEO da Easy Taxi; Amanda Graciano, head de relacionamento com startups do maior hub de inovação da América Latina, o Cubo Itaú; e Roni Bueno, ex-diretor da Netshoes e vice-presidente do portal Terra, entre outros.

O público representou a diversidade que orbita o ecossistema de inovação e o destaque foi a participação ativa de crianças e adolescentes, que se encantaram com projetos de robótica e lotaram as oficinas de programação e games.

Após o encerramento do ESX 2021, os organizadores já preveem uma edição ainda maior no próximo ano. “Podemos caminhar para uma expansão desse evento em Vitória, um grande centro de encontro desse evento, para outros movimentos que pretendemos fazer em outras regiões do Espírito Santo. Vamos seguir pensando em como impulsionar e de fato democratizar o tema inovação, para trazer a sociedade para a discussão do que nós podemos inovar na sociedade brasileira”, finaliza o superintendente.

Público recorde circula pelo ESX 2021. Foto: Claraboia