Projeto Solares marca presença no ESX 2021 e divulga a atividade acadêmica capixaba


Por Gabriela Brito, participante da oficina de Jornalismo Innovation Writing, realizada pelo WhitepaperDocs em parceria com Sebrae-ES, Sicoob e Hub Fucape.

Diversas iniciativas realizadas pela academia estiveram presentes no ESX 2021 –  Espírito Santo Innovation Experience, o maior evento de inovação do Estado. O Solares, um projeto de extensão do centro tecnológico da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), é uma delas.

Há mais de 10 anos, o Projeto Solares explora aplicações para a energia solar com o objetivo de oferecer soluções sustentáveis para a comunidade. Dentre algumas atividades de sucesso, pode-se citar o desenvolvimento do barco catamarã, movido a energia solar fotovoltaica, que compete anualmente num rali de barcos. Em sua primeira participação, em 2017, o Solares alcançou a 4ª colocação. Em 2020, o projeto conquistou o segundo lugar.

Durante os quatro dias do ESX 2021, os estudantes tiveram a oportunidade de apresentar para o público geral um pouco do trabalho realizado pelo projeto interdisciplinar. A estudante Rafaela Rigo, que divide o cargo de diretora-geral do projeto junto com Daniel Vitor Azeredo, destacou a importância de estar ocupando espaços deste tipo.

“É de extrema importância pra gente mostrar para a sociedade o que está acontecendo dentro da academia. Fazer essa ponte para conseguir, de fato, contribuir. Além de incentivar e inserir esse universitário dentro do mercado de trabalho”, afirma Rafaela.

O governador do Estado, Renato Casagrande, conhece o estande do Solares. Foto: Claraboia

Daniel Vitor concorda e evidencia a importância da academia ao proporcionar a produção científica ao mercado e à sociedade. Segundo o estudante, é dentro da academia onde são desenvolvidos os estudos mais novos do ramo.

“Eu acredito que é de suma importância que exista todo um interesse tanto do governo, quanto das empresas, como da própria academia nessa área de inovação, especialmente na área de sustentabilidade”, afirma Daniel.

O Projeto Solares já esteve presente em diversos eventos, mas nunca antes expôs suas atividades em um espaço com público tão amplo. “É a primeira vez dentro de um evento tão aberto ao público. É de extrema importância dar visibilidade para o projeto e para o tema”, acrescenta Rigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.